Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009

 

A sétima freguesia do concelho, S. Miguel de Lousada, somava oitenta e quatro fogos em meados do século XVIII276 e a sua igreja “ era pequena, não tem naves, e só tem a arca junto á cappella mor,”277 mas é um exemplar notável do românico de transição na região.

________________________________

 

272 - No “ meyo da freguezia ainda que ceparada dos lugares em pouca distáncia.” I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 20, fl.1009.

273 - I. A. N. / T. T. -Dicionário Geográfico, 1758, vol. 20, fl.1009.

274 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758, vol. 20, fl.1009.

275 - A. I. L. - Processo Sobre os Limites da Freguesia de Santa Marinha. [s/d], fl. 335. Cf. “ [No rio Sousa] no sítio desta freguezia tem hum passalisso de pedra no lugar que chamam Souza. E o rio Mezio em o lugar que chamam Siqueiros tem outro passalisso de pedra em modo de ponte. E no sobredito citio de Sousa tem o mesmo o rio Souza duas rodas de moinho e não tem pizoines nem noras, tem hum lagar de lzeite em hum sitio que chamam a lama que moy com gado. Este rio Souza pouco mais ou menos podera ter seis legoas do nacimento athe dezaguar no Douro e não me consta que passe por povoaçoes grandes só por campos, montes e aldeias parvuas.” I. A. N./ T. T. - Dicionário Geográfico, 1758, vol. 20, fl.1011.

 

Cosnstruída durante o século XII, apresenta vários acrescentos posteriores, nomeadamente a fachada principal do século XVI e a capela-mór do século XVIII.278 Altares, na igreja, eram três. No altar-mor estava S. Miguel; do lado do evangelho achava-se o altar de Nossa Senhora do Rosário, com a imagem do Menino Jesus; e do lado da epístola o altar do Menino Jesus.279 Coexistiam, nesta igreja, três confrarias: Sub Sino, Menino Jesus e Nossa Senhora do Rosário.280

As capelas que se podiam achar em S. Miguel de Lousada, eram três, mas só a de S. José era pública. A primeira capela, com a invocação de Santa Luzia, ficava no lugar das Quintãs, e tinha como administrador o licenciado Manuel Inácio de Azurdo.281 A segunda capela, cujo orago era S. José, situava-se no lugar da Portela, e tinha por administrador o padre José de Magalhães Machado.282 A última capela, de Nossa Senhora do Rosário, ficava no lugar da Piagem, dela era administrador João de Afonso Ribeiro, e faziam-lhe a romaria a treze de Dezembro.283

Nas margens de um regato, nado na serra de Barrosas, existiam vários moinhos.284

 

Quadro N.º 14 -  Freguesia de S. Miguel (Lousada): Património Edificado

 

População/Hahitantes

 

Fogos

 

Igrejas/Residência

 

Capelas

 

Moinhos

             

              258

 

84

 

Igreja de S. Miguel de Lousada

 

Públicas

 

Particulares

 

Os moinhos de Mariana da Silva, de S. Miguel e de João Sousa, de Sub - Ribas.

 

S. José 

 

 

Santa Luzia, Nossa Senhora do Rosário        

 

            

________________________________

276 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21. fl. 1319.

277 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol,  21. fl. 1320.

278 - Jornadas Europeias de Património, p. 22.

279 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21. fl. 1321 a 1322.

280 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758, vol, 21. fl. 1320.

281 - “Tem esta freguezia no lugar das Quintans a cappella de Santa Luzia, da coal he administrador o licenceado Manoel Ignacio de Azurdo,” I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

282 - “ (…) e tem outra cappella no lugar da Portélla da coal hé administrador o Padre Jozé de Magalhaens Machado, com evocacam de Sam Jozé,” I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

283 -(…) e tem a cappella de Nossa Senhora do Rozario, no lugar de Piagem, de que he Administrador Joam de Affonso Ribeyro.” - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

284 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1322.

 

 



publicado por José Carlos Silva às 20:02 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds