Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009

 A freguesia de Santa Margarida com os seus cinquenta e nove fogos285 era uma das menos populosas do concelho e a sua igreja apresentava-se com uma construção cuidada, globalmente datável do século XVIII. Um templo simples, com uma torre a que parece terem faltado os meios para a tornar menos atarracada e mais proporcionada.286 Em 1709 viam-se “dois sinos cavalgados no campanario, della ha huma guarida de chamar os fregueses para dentro da igreja.287

A igreja de Santa Margarida, em 1758, tinha quatro altares: o altar-mor e três colaterais. Na capela-mor, a padroeira, Santa Margarida; no segundo altar achava-se a imagem do Senhor de Além; no terceiro, Nossa Senhora dos Remédios, e no último encontrava-se Nossa Senhora do Rosário.288

No dealbar do século XVIII havia duas capelas públicas e que não tinham fábrica. A capela de S. João, que ficava no lugar do mesmo nome, reedificada pelo padre João Nogueira da Silva.289 E a capela de Santo Amaro que se situava ao pé do monte do Calvelo. Em 1720 foi-lhe colocado o retábulo e em 1774 desmoronou-se.290 Foi reedificada pelo padre desta freguesia no ano de 1776.291

________________________________

 

284 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1322.

285- I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1313.

286 - Jornadas Europeias de Património, p. 21. Cf. Descobrir o Vale de Sousa. Rotas do Património Cultural Edificado…, p. 109.

287 - A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares. Livro n.º 12, 1709, fl. 3.

288 - I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758, vol. 21, fl. 1315.

289 - ” (…) tem huma cappella de Sam Joaõ (…). He munto antigua redeficou-a de novo toda o abbade Joaõ Nogueira da Silva com seo retabollo e frontal pintado de festa, no ano de 1792, (…).” A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares Livro n.º 12, 1709, fl. 3.

290 - “Arruinou-se a capella de Stº Amaro de Calvello de paredes e madeira nam houve quem concorresse para o seo concerto e como he capella de devoçaõ e naõ tem fabrica só sim por devoçaõ mandei concertalla das paredes e (…) calear toda por dentro de cal e athe hoje 15 de Agosto de 1774 e tenho despendido 26800 réis, mays um cacho de telhas de setenta, e 25 telhas -2600 réis; de cal e mays para o telhado - 2400 réis, de a pintar por dentro - 3200 réis, dei de esmola para a de  S. Joaõ para a ajuda de redificar a capela - 3350 réis, mais que faltou - 400 réis.” A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares. Livro n.º 12, 1709, fl. 8.

 

 

 

 

No ano de 1758, Santa Margarida possuía, para além das duas capelas já referidas, a capela de Nossa Senhora da Penha de França,292 que era particular; e no lugar de Ermida teria existido uma capela com o orago de Santa Catarina.293 A de S. João Baptista achava-se “totalmente arruinada, e sem uzo.”294 Em 1709, a via-crucis contabilizava quatro cruzes de pedra sendo as restantes de pau. O abade João Nogueira da Silva mandou colocar doze cruzes de pedra e com isso dispendeu 10$000 réis.295

 

 

Quadro N.º 15 - Freguesia de Santa Margarida: Património Edificado.

 

População/Habitantes

 

Fogos

 

Igrejas/ Residência

 

Capelas

 

Via - Sacra

 

Outras Capelas

 

190

 

59

 

Igreja de Santa Margarida

 

Públicas

 

Particulares

 

 

Tinha uma via - sacra de 4 cruzes de pedra e as restantes de “pao”. O padre João Nogueira da Silva mandou colocar até 12 cruzes de pedra.

 

 Vestígios da capela de Santa Catarina (Lugar de Ermida)

 

 S. João,

 Santo Amaro

 

Nossa Senhora da Penha de França

 

 

________________________________

 

291 - “ Tem outra cappella (…) de Santo Amaro, (…) que tambem he do povo, onde concorrem em romarias e clamores (…), ao pe do monte do Calvello, foi reedificada pelo abbade Joam Nogueira da Silva no anno de 1776 e no de 1720, lhe poz hum retabollo e os devottos hum cavido (…).” I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1315. A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares. Livro n.º. 12, 1709, fl. 3.

292 - (…) huma de Nossa Senhora da Penha da França esta pertence ao administrador Herfemenino Nunes da freguezia de São Miguel de Louzada.”I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1315.

293 - “(…) huma capela de Santa Catherina já aruinad[a].” I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1315.

294 - “ (…) outra de Saõ Joaõ Baptista cituada no Cazal (…) totalmente arruinada.”A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares. Livro n.º 12, 1709, fl. 10; Cf. I. A. N. / T. T. - Dicionário Geográfico, 1758. vol. 21, fl. 1315.

295 - “Havia huma via sacra de cruces de pao e só tinha 4 cruces de pedra puz a minha custa doze de pedra pello amor de Deos por estar imperfeita e ser a freguesia pobre que importaraõ de todos os gastos: - 10000 réis.” A. D. P. - Títulos das Sepulturas, Erecção de Capelas, Ermidas e Altares. Livro n.º 12, 1709, fl. 9.

 



publicado por José Carlos Silva às 20:05 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds