Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Em 1735 era proprietário da casa da Quintã, o padre António Correia Barbosa, a quem sucedeu Agostinho Villas-Boas de Abreu, seu herdeiro universal, que contraiu matrimónio com D. Maria Josefa, a 20 de Outubro de 1745.399  Bernardo de Mello, nascido em 1750, vai casar tardiamente com Maria Joaquina, e dessa união nasceu José Maria Mello Paes Villas-Boas, a 21 de Novembro de 1811, que herda todos os bens da família. Juiz de profissão, faleceu sem filhos.400 Foi seu herdeiro, José Maria de Mello Geraldes Malheiro, seu sobrinho, nascido em 1875 na casa Grande de Vilela.401 Foi seu sucessor, João Pinto de Queirós Geraldes Malheiro, que faleceu a 6 de Janeiro de 1975, tendo sido engenheiro civil e de minas.402

________________________________

393 - SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 275. Cf. Deixou várias obras de referências: “A verdadeira situação militar de Portugal”, 1876; “O dolmem de Barroza”, 1898; “Estudos e Tácticas”, 1870, em dois volumes, entre outra vasta bibliografia. Cf. Lousada. Colectânea de Autores Locais. Lousada: Edição da Câmara Municipal de Lousada, vol. I, 2002, p. 89.

394 - SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 271.

A fachada principal da Casa da Quintã, virada a Este, é de um só pano, apresentando a capela adossada no seu topo direito; no rés-do-chão tem duas janelas de peitoril com lintel curvilíneo, gradeadas. No andar nobre, exibe quatro janelas de peitoril com lintel curvilíneo, e à direita da fachada, entre esta e a capela, uma escadaria de um só lanço com patim, com volutas na parte terminal, e uma portada moldurada coroada por um campanário de arco de volta perfeita, encimado com uma cruz latina. Na fachada Norte há duas janelas de peitoril. Na fachada Oeste, no rés-do-chão, existem duas portadas e uma janela de peitoril, gradeada, e no primeiro andar, vislumbram-se cinco janelas de peitoril e uma escadaria de um só lanço. A fachada Sul, no rés-do-chão, ostenta três portadas, e no primeiro andar, exibe seis janelas de peitoril e uma mansarda com duas janelas, todas com lintel curvilíneo.

Em 1726 existia uma ermida, no lugar do Mouro, distante uns mil metros da casa da Quintã, que era do povo da freguesia, e tinha como invocação S. Brás.403 A capela desta casa foi edificada em 1735, com a invocação de Nossa Senhora da Conceição.404 mas em 1750 tinha como padroeiro Santo António.405

 

 ________________________________

395 - SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 271.

396- SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 271.

397 - Este torreão, um acrescento dos primeiros anos do século XX, é da autoria do arquitecto Manuel Castelo Branco, segundo os senhores desta casa. Cf. SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 271

398 - SILVA, António Lambert Pereira da - o. c., p. 271.Cf.  NÓBREGA, Artur Vaz- Osório - o. c., p. 106.

399 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 8.

400 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 8.

401 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 9.

402 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 8.

 

 

Em 21 de Abril de 1735 o Padre António Correia Barbosa solicitou a devida autorização à Diocese de Braga para construir uma capela na(…) casa da Quintã, porque estava velho e doente para se deslocar à igreja da freguesia. Ele pretendia fazer uma capela junto da sua porta pegada na estrada publica (…).”406 Mas já existia uma capela nesta casa: “ (…) lhe damos licença para que em a dita quinta possa fazer, edificar de novo a capela que pretende com a perfeição devida e com boa arquitectura (…).” 407

A fachada principal da capela, de Nossa Senhora da Conceição, apresenta um portal arquitravado, com frontão interrompido, e a rematá-lo a pedra de armas dos “Pinto, Malheiro, Magalhães e Cabral.408A empena é encimada por uma cruz latina, e as pilastras são coroadas por pináculos. Na fachada Norte, pode ver-se um óculo em forma de quadrifólio, e a empena da fachada Oeste é coroada por uma cruz latina.409

 

________________________________

 

403- RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 8.

404 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 9.

405 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 9.

406 - RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 9.

407 - A freguesia de Caíde tinha “tres ermidas a saber, Sam Bras cituada no lugar do Mouro que fabrica a freguezia, Santo Antonio, no lugar da Quintam que pertence a Antonio Agostinho Villas Boas de Abreu e Sam Miguel das donas na Quinta da Ceara que fabrica Luis Manoel Coelho de Calvos. Nenhuma destas tem imagem.” I. A. N. /T. T. - Dicionário Geográfico, 1758, vol. 8, fl. 203v. Cf. RIBEIRO, Abel - Casa da Quintã. Gazeta de Caíde. (30 de Junho de 2003), p. 9.

408 - NÓBREGA, Artur Vaz-Osório da - o. c., p. 106.

409 - Segundo a actual senhora da casa da Quintã, não há uma certeza quanto à data em que a casa foi ligada à capela. Na sua opinião foi ainda no tempo da monarquia que tal facto aconteceu. Na mesma altura a casa foi, igualmente, murada e gradeada.

 

 



publicado por José Carlos Silva às 14:42 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds