Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Em 1698 era proprietário desta casa Gonçalo Pinto da Fonseca de Almeida e Brito, que foi Capitão-mor do concelho de Unhão,490 sucedendo-lhe Cristóvão de Almeida Soares de Andrade Gavião, Fidalgo e Cavaleiro da Casa Real, e último Capitão-mor do concelho de Unhão,491 que também foi proprietário da casa do Casal. D. Cristóvão de Almeida Soares de Brito, formou-se Doutor em Cânones pela Universidade de Coimbra, e foi Lente de Prima; bispo de Pinhel, faleceu em 1770, tendo sido sepultado na Sé.492 António Barreto de Almeida Soares Lencastre, bacharel pela Universidade de Coimbra,493 presidente da Câmara,494 deputado às Cortes e Fidalgo da Casa Real, foi primeiro Visconde495 e primeiro Conde de Alentém.496 Tendo sido, segundo e terceiro conde de Alentém, respectivamente, Cristóvão de Almeida Soares de Lencastre e o Dr. António Barreto de Almeida Soares de Lencastre.497                                                                  

A primitiva Casa de Alentém foi mandada construir por D. Cristóvão de Almeida Soares de Brito,498 bispo de Pinhel e concluída pelo Visconde de Alentém. Em 1887 era considerada uma “formosa e magestosa vivenda,499 de que era proprietário o Visconde de Alentém, António Barreto d’ Almeida Soares de Lencastre, sendo que “O palacio d’ Alentem foi principiado pelo mencionado bispo de Pinhel e concluído pelo actual senhor visconde, - tem uma fachada com 32 metros de comprimento, - 20 de fundo e 22 janellas na frente  grandes salas, muitos quartos - 30 a 40 quartos sempre feitas para os hospedes, pois é a maior hospedaria d’ este concelho e dos circumvisinhos… É brasonado e tem uma linda capella muito antiga.500 E era uma “grande quinta muito mimosa e fértil,”501 que tinha uma cerca que rodeava este “palacio com “Kilometros de circunferência (…).502

________________________________

 

490 - FREITAS, Eugéneo de Andrea da Cunha e - o. c., p. 345. Cf. NÓBREGA, Artur Vaz-Osório - o. c., p. 101.

491 - FREITAS, Eugéneo de Andrea da Cunha e - o. c., p. 346. Cf. LEAL, Pinho - o. c., p. 62.

492 - FREITAS, Eugéneo de Andrea da Cunha e - o. c., p. 346. Cf. LEAL, Pinho - o. c., p. 62.

493 - FREITAS, Eugéneo de Andrea da Cunha e - o. c., p. 347.

494 - FREITAS, Eugéneo de Andrea da Cunha e - o. c., p. 346. Cf. LEAL, Pinho - o. c., p. 62.

495 - Decreto de 3-9-1874. Cf. Presidentes da Câmara Municipal de Lousada Desde 1838 até 1900, p. 61.

 

 

    

                                                                          

José Augusto Vieira, no declinar do século XIX, enobreceu a Casa de Alentém ao classificá-la de “palacio503 e ao afirmar que é “absolutamente a primeira casa d’ esta freguezia.504

Em termos arquitectónicos é uma casa com uma planta do tipo quadrangular, com capela no topo direito da fachada Este. O corpo da fachada principal, virado a Oeste, foi verticalmente dividido por pilastras, em três zonas, criando dois panos simétricos que flanqueiam um pano central, o frontispício; neste, uma escadaria de um só lanço conduz a uma portada moldurada, com fecho ao centro, ladeada por duas janelas de peitoril, evidenciando uma sacada com três janelas no andar nobre, por sua vez encimada por um frontão triangular onde estão adossadas as pedras de armas dos “Pinto, Almeida, Albergaria e Faria.505 A flanquear a escadaria, dez pequenas aberturas molduradas, na horizontal, (cinco no pano direito/ cinco no pano esquerdo), e no rés-do-chão, oito janelas de peitoril molduradas, (quatro no pano esquerdo/quatro no pano direito), ostentando no andar nobre, de ambos os lados do frontíspicio, oito janelas de sacada, (quatro no pano direito/ quatro no pano esquerdo). A fachada Sul foi também ela dividida verticalmente por uma pilastra, que criou duas zonas e dois panos. No pano da esquerda, no rés-do-chão, exibe uma janela de sacada e quatro janelas de peitoril, sendo que duas delas, as da direita, são gradeadas, e no primeiro andar, mostra uma janela de sacada, e quatro molduradas a ladeá-la. No pano da direita, no rés-do-

chão, evidencia duas janelas de peitoril gradeadas enquanto no primeiro andar, outras duas, mas sem grades. Na fachada Norte, no rés-do-chão, uma escadaria de dois lanços opostos, quatro janelas de peitoril molduradas e gradeadas, e uma portada, ao centro; no primeiro andar, uma janela de sacada, ladeada por quatro de peitoril (duas à direita e duas à esquerda).

Na fachada Este, do lado da capela, no rés-do-chão, há sete janelas de peitoril, sendo três delas gradeadas, e à esquerda desta fachada, vislumbra-se uma portada moldurada, ladeada por duas aberturas quadrangulares, molduradas e gradeadas e um grande vitral.

Em 1758 já existia a capela da Casa de Alentém: “Tem uma capella de invocassam da Senhora do Pillar, pertencente ao Reverendo Doutor Christovam de Almeyda Soares contigua as cazas do sobredito.506 A fachada principal da capela da casa de Alentém, virada a Norte, apresenta um alpendre, adossado à mesma e suportado por duas colunas. A porta é moldurada, e ao centro da empena exibe um óculo moldurado, em forma de losango; a empena é coroada por uma cruz de nascimento de Jesus, e as pilastras são rematadas por pináculos; na fachada Este, uma cruz latina e vazia, encima um painel de azulejos com imagem de Stª Filomena.507 Uma cruz latina coroa a empena Sul. E a pilastra à direita é sobrelevada por um pináculo e à esquerda por uma pirâmide quadrangular.

 

 

 

 



publicado por José Carlos Silva às 15:31 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds