Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Com capela adossada ao topo esquerdo da fachada principal, a casa da Lama exibe uma planta do tipo quadrangular.

Na casa da Quintã, a fachada principal foi adossada à capela. Ostenta a configuração de casa com planta do tipo quadrangular, com capela adossada no topo direito da fachada Este.

Em 1758 a casa de Real é “construída.”A capela aparece integrada na fachada principal, no topo esquerdo, e apresenta pátio interior. Desta forma, é uma casa quadrangular com capela integrada no topo esquerdo da fachada Oeste, e pátio interior.

A casa do Ribeiro, tal como as casas da Lama e de Real, apresenta a capela no topo esquerdo da fachada principal. A torre aparece, à direita do torreão, na continuidade da fachada Sul. É uma casa quadrangular com capela adossada à fachada Sul e torre.

Apesar de terem existido obras de restauro, estas não retiraram a configuração tipológica que a casa da Renda apresenta. Portanto, é uma casa com planta do tipo quadrangular.

A casa de Ronfe apresenta um pátio interior, e em data indefinida a fachada Oeste foi adossada à torre. Por isso, é uma casa com planta do tipo quadrangular, com torre adossada no topo esquerdo da fachada Oeste e pátio interior.

Em ruínas, e com a capela destacada e alinhada com a fachada principal, à esquerda, surge de seguida a casa da Seara. Trata-se de um bloco monolítico com uma planta do tipo quadrangular.

Em meados da centúria de oitocentos, a capela de Santa Ana foi integrada na casa de Valmesio. Apresenta uma planta do tipo quadrangular e capela integrada no extremo esquerdo da fachada Oeste.

A casa de Vila Verde, tal como todas as outras casas nobres lousadenses, foi objecto de acrescentos, ao longo dos tempos. O corpo central é quadrangular e a capela encontra-se destacada do conjunto edificado. Configura-se, assim, uma casa com planta do tipo quadrangular e capela destacada.

A planta de pátio interior é uma tipologia que aparece nas casas de Argonça, Pereiró e Cam. Francis D. K. Ching, na sua obra: “Dicionário Visual de Arquitectura” define pátio interior como sendo ”área ou espaço de uma casa delimitada por construções baixas, arcadas ou paredes.586 Assim, este tipo de planta mostra, um pátio interior, ao redor do qual se distribuem os diferentes elementos.

Através de duas plantas topográficas, uma de 1948 e outra de 2005, foi possível inferir a evolução da planta da casa de Argonça. Esta tinha um pátio interior, mas aberto a Este, como o confirma a planta topográfica de 1948. Em 2005 aparece transformado numa tipologia com contornos bem estruturados: casa de pátio interior fechado, na totalidade.

A casa de Pereiró também foi objecto de vários acrescentos ao longo dos anos, mas estes não lhe alteraram a sua tipologia. A capela de S. José foi edificada no local em que existia uma tulha, em 2002, adquirindo a fachada Este outra dignidade e importância. A vida desta casa é organizada à volta de um pátio interior, resultando daí uma planta de pátio interior, com capela integrada no topo direito da fachada Este.

A última casa, a do Cam, apresenta um pátio interior, sendo este isolado por portões a Sul, Este e Oeste. À direita da fachada Este, a capela, destacada. Temos, pois, uma casa de pátio interior com capela destacada à direita da fachada Este.

Não é muito habitual, na casa nobre lousadense, a planta em forma de T. Contudo, duas delas apresentam-na: Valteiro e Tapada, esta última com pátio interior. A casa do Valteiro apresenta capela no topo direito da fachada principal e torre na fachada Sul. É uma casa com planta do tipo T com capela adossada ao topo direito da fachada, e torre a Sul.

Pela análise da planta topográfica verificámos que a casa da Tapada apresenta uma planta em T, e mesmo tendo em conta os acréscimos realizados, esta tipologia mantem-se inalterada. Tem um pátio interior e uma capela. Por isso é uma casa com planta do tipo T com pátio interior e capela destacada à direita da fachada Oeste.

 

 

Quadro N.º 21 - Tipologia da planta da casa nobre do concelho de Lousada

 

 

Casa

 

Planta

Vilela, e Rio de Moinhos 

U

Outeiro, Cáscere e Porto

L

Tapada e Valteiro

T

Juste, Ronfe, Alentém, Quintã, Renda, Seara, Valmesio, Vila Verde, Bouça, Lama, Real e Ribeiro

Quadrangular

 

Argonça, Cam e Pereiró

Pátio Interior

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_______________________________

 

586 - CHING, Francis D. K. - o. c., p. 85.

 

 



publicado por José Carlos Silva às 12:31 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds