Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

PLANO DO SEMINÁRIO

Inventário das Capelas Públicas do Concelho de Lousada

- Vertente Arquitectónica.

 

1- Introdução.

2- Caracterização do Concelho de Lousada - Aspectos geomorfológicos - um pouco da sua história.

3- Metodologia - Bibliotecas a consultar (Biblioteca Municipal do  Porto, Depósito de Livros, Jornais, etc., de Lousada, Biblioteca Municipal de Penafiel, Paços de Ferreira, Paredes, etc.)

ÞPeriódicos/Semanários - Jornal de Lousada, TVS., Novas do Vale de Sousa, Repórter do Marão, O Heraldo, Vida Nova, etc.

ÞCapelas.

ÞFichas.

ÞFotografia.

ÞReunir o maior número de dados.

ÞReunir o máximo de informação.

ÞDificuldades.

4- As Capelas de Lousada - freguesia por freguesia (leituras de conjunto).

ÞAspecto arquitectónico.

ÞAspecto artístico (interior, exterior).

ÞTipologias.

5- Breves considerações sobre o Património inventariado.

6- Conclusões.

7- Anexos.

8- Bibliografia. 

Data  de apresentação  - 15 de Setembro.

 

 SEMINÁRIO - As Capelas Públicas de Lousada.

 

         1-Levantamento Bibliográfico - (B. M. Porto) Jornais locais, essencialmente o Jornal de Lousada (1907) - refere-se a várias capelas, mais às que estão perto ou no centro da Vila de Lousada e que foram objecto de obras e melhoramentos.

         O concelho tem 26 freguesias - Há freguesias com uma ou mais capelas (nunca mais de três na mesma freguesia). E há freguesias que não têm nenhuma capela pública.

         Há freguesias que não têm capelas públicas Caíde de Rei, Vilar do Torno e Alentém, St.ª Eulália de Barrosas. Há capelas que já existiram e hoje estão em ruínas (S. Brás - Caíde, St.º António - Sousela, etc.) ou desapareceram mesmo. Há referências delas nos jornais (locais) e nos dicionários corográficos - Padre Carvalho, Pinho Leal, Américo Costa, etc.).

         O Jornal de Lousada - É a minha principal fonte - refere-se, em artigos publicados nas suas páginas, às obras e melhoramentos introduzidos e realizados nesta ou naquela capela ao longo do tempo, assim como as datas de construção e um ou outro contrato estabelecidos com os mestres de obras, etc.

         Os outros jornais consultados (TVS., NVS., RM., etc.), forneceram elementos do mesmo teor.

         O Levantamento Bibliográfico - está quase no fim, está praticamente na sua fase final. A consulta a obras, dicionários corográficos, folhetos, revistas, etc., sob o concelho de Lousada está a terminar.

 

 

         2- Levantamento de Campo - (trabalho...) ainda não está concluído. Fotografar e tirar notas de perto de meia centena de capelas não é fácil, nem rápido.

         Contudo estamos perto do seu fim. Poucas (meia dúzia de freguesias) são as capelas que ainda não foram estudadas.

         O concelho de Lousada é muito rico em capelas públicas (e particulares - belos exemplares - mas que fogem ao âmbito deste Seminário, só capelas públicas).

         As capelas públicas de Lousada estão bem preservadas - na sua grande maioria. Os párocos, as confrarias, e as Comissões Fabriqueiras têm tido máximo cuidado em proceder ao seu restauro sempre que necessário (a população dá o seu contributo para as obras de restauro); o exemplo mais recente e actual é o restauro que está a ser realizado na capela de St.ª Águeda - Sousela.

         A única Valorização que propomos é uma melhor, maior e mais eficaz iluminação exterior das capelas (quase nenhuma tem focos dirigidos de forma a realçar os seus belos traços arquitectónicos), assim como placas de sinalização, a indicarem (correctamente) a sua existência e, o melhor percurso para atingir o local onde se encontra erigida (normalmente no cimo de um monte ou colina).

         Também era de bom tom um folheto explicativo narrando e alertando para a existência de capelas, nas sedes de juntas de freguesias, nos serviços paroquiais e no Posto de Turismo do concelho de Lousada (na sede da Vila).

         3- O meu Seminário está pois, numa fase tipo “diamante em bruto”, em que só a partir de agora, isto é, mais duas ou três semanas, começará a ser devidamente “lapidado”, isto é, só a partir dessa altura poderei iniciar o dito processo final, ou seja, o processo de síntese. 

         Para além de uma abordagem às realidades intrínsecas do concelho de Lousada, estudarei as capelas públicas de Lousada - freguesia a freguesia - na sua vertente Arquitectónica.

         Posso referir, antecipadamente, que as capelas públicas em estudo, compreendem um espaço de tempo que medeia os finais do séc. XVII e vai até aos finais do séc. XIX.

         Há também freguesias que no séc. XVII - XVIII tinham capelas públicas - que serviram de local de culto enquanto as actuais igrejas eram construídas e hoje não existem (existem referências bibliográficas).

         O trabalho de Seminário será mais um largo conjunto de Fichas de Inventário (vertente arquitectónica), fichas de diferentes matrizes, para além de uma cuidada referência ao concelho de Lousada - suas origens, sua história e seu património (nas suas diferentes realidades, mas em sinopse).

        

         Obs.: Em anexo (ao Seminário) aparecerão, em princípio, exemplares de capelas particulares e/ou interiores de algumas capelas públicas, para termos uma visão mais realista da riqueza e da Arte Sacra do concelho de Lousada, verificando-se uma beleza e grandiosidade ímpar.

         Por último, é minha convicção que até ao dia 15 de Setembro entregarei o trabalho de Seminário ao meu orientador  - Dr. Manuel Joaquim Moreira da Rocha.[Hoje Prof. Doutor, e na FLUP, foi meu Co-orientador na minha tese de mestrado: «A Casa Nobre No Concelho de Lousada».

 

                                               Porto, 18/4/97



publicado por José Carlos Silva às 23:09 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Despedidas

Eleição e abdicação

Cruzeiros de S. Miguel

Memória Paroquial de Vila...

Caminhada à descoberta do...

Lousada e os seus cruzeir...

Capela de S. Cristóvão (S...

Capela de N. Srª de Apare...

Capelas Públicas de Lousa...

Bibliografia

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds