Domingo, 04.04.10

 

 

Doasam para patrimonio de huma cappella que fazem Maurício Pinto Nugueira e sua molher Maria Nunes de Moraes da freguezia de Novegilde do Concelho de Aguiar de Sousa, de sinco medidas de herdade.

 

Em nome de Deos amem saibam quantos este publico instromento de doasam, dote e nomeaçam para patrimonio e fabrica de cappella tudo adeante nomiado feita na milhor forma e valer ou como nelle o lugar haja e mays firme e valliozo ser possa a pessoa que no anno do nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo de mil setecentos e corenta e nove annos, aos dois dias do mes de Dezembro do dito anno em lugar do Torrão freguezia de Sam Miguel de Silvares deste concelho de Lousada que he da correyçam da comarqua da villa de Barcellos terra e jurisdiçam da sereníssima rainha da real caza do estado de Bragansa aqui no dyto lugar perante mim tabaliao e das testemunhas tudo ao adiante nomeado e escrito e asignado apareseu o prezente Maurício Pinto Nugueira por si e como procurador de sua molher Maria Nunes Moraes, moradores no lugar do Cam freguezia de Novogilde do concelho de Aguiar de Souza pessoa bem reconhecida de mim tabaliam e das testemunhas que dou fe ser o mesmo que se nomea pella qual asim prezente foi e com efeito disse aqui por este publico instromento em seo nome e como procurador bastante da dita e sua molher que me aprezentou feita a dita procuraçaõ nas nottas do taballiaõ Joaõ Roiz de Sousa, o Velho do mesmo concelho de Aguiar de Sousa, feita aos vinte e dois dias do mes de Agosto de mil setecentos e trinta e oito annos pella coal constava parte de todos os seus bastantes e compridos puderes para poder dotar, doar nomear o lugar, medidas e para o cazo asima e adeante declarado como todo o mais largamente constava da dita procuraçaõ em vertude da qual disse elle dito Maurissio Pinto Nugueura em nome da dita molher que elles pertendiaõ fazer huma cappella cita na mesma freguezia com a emvocaçaõ de Nossa Senhora do Bom Susesso para nella mandousse dizer as suas missas e para a fabrica della lhe queria dotar e nomiar para patrimonio da mesma capella as quais medidas que elle quer doar sam de herdade, dezimos a Deos, e para esse efeito disse elle dito Maurício Pinto Nugueira em seu nome e da sua molher que elles entres os mais bens de rais que tinhan e pessueian e de que eram de posse que a tem asim tambem he razão serem pessuidores de senco medidas que elles pagam em cada hum anno por cada Sam Miguel que se vence a Alexandre Pinto de Sousa da Freguezia de Cristelos deste concelho de Lousada empostas nos termos de herdade que elles  ditto Maurício Pinto e sua molher a Joanna Nunes Netto e escrivão nesta pessuindo  por remataçaõ  o dito Alexandre Pinto de Sousa e que assim como remataçaõ as ditas senco medidas sendo em cada anno de rendas as doaçans annuais e dotasons e nomeasons para dote e patrimonio da fabriqua da dita  cappella que queria fazer na dita sua quinta do Cam,de hoieje e ora para todo sempre para elles doadores emquanto vibos e para seus herdeyros e seus filhos, enquanto o mundo o mundo durar as quais medidas obrigava e justtefecaua a fabriqua da dita cappella, as quais medidas seraõ obrigados a fazellas com as pesoas e por todos os seus bens moveis e de raiz e a fauor de suas almas os quais todos aqui hamseam por pregador e parte das ditas medidas tomas enquanto o mundo durar, e que todo o que der e direyto que nellas tenham tudo depersa se dote se trespasse e nomeaçaõ por dote e patrimonio  da fabriqua da dita cappella, e que pedia munto demençe a todas as interesadas scerias (…) a esta doaçam the Deum e sua autoridade de consentimento e mas a fonte por forma firme e vallioza de para todo o sempre e que nesta forma que dito fique a fabriqua e esta doaçam e nomeasam e obrigasam das ditas medidas que se obrigava como obrigado tem a fabrica della em fe da verdade asim o dise e quiz e o outorgou e mandou escrever o prezente jnstromento nesta nota de mim  tabaliaõ que lhes he perante as testemunhas antes  de estes asim e achou estar como a que o requereu desta pedio e mandou dar os tres llados nesesarios de Nordeste e eu tabaliam como pesoa publica que junbti publicantte e aseitante tudo lhes li e a publlicuei sendo a testemunhas de remunear, prezentes Bernadino Pinho filho de mim tabaliam que asignou a rogo e o Nuno Cruz Salles deste lugar e Manoel Mathias da Costa meu conhecido e deste concelho, que todos aqui com elle doador e eu Costodio Ribeyro da Silva taballiam quaes asignaram.

Costodio Ribeyro da Silva

Bernadino Pinho Brandão

Manoel Matias da Costa

Maurício Nogueira

Nuno Cruz

 ADP – Po – 1, Livro. 21, Secção Notarial, 1749, fl. 1, SILVA, José Carlos Ribeiro da - A Casa Nobre No Concelho de Lousada, FLUP, 2007

 

 



publicado por José Carlos Silva às 12:00 | link do post | comentar

              

Autos depatrimonio de capella a favor de Maurício Pinto de Nunesde Menezes da freguezia de s.Verisimo de Nevogilde da Comarca de Penafiel.

 

Camera

 

Anno do Nascimento do Nosso Senhor Jesus Christo de mil, setecentos, e cincoenta aos vinte e oito dias do mês de Fevereiro do dito ano. DizemMauricio Pinto Nogueira esua mulher Maria Nunes de Menezes, da freguezia de Nevogilde, comarca de Penafiel, deste Bispado que de Vossa Excelência Reverendíssima conseguira licença para junto das suas cazas, citas no lugar do Cam em que moram fazerem como mostrao da licença que vai juntaõ, e pella escriptura (…) da dita capella que dottão os suppllicantes sinco medidas de pam de pella escriptura appesa que protestão se lle torne a empregar para seu rendimento e conservação de seu direito. E porque para o suppllicante se lhe julgue o ditto património procedendo as necessárias deligencias. Seja deferido…. Assinatura Ilegível.

 

 A.D.P. – Po -1, 1ª série, Livro7, Secção Notarial, 1728, fl. 82 a 88, SILVA, José Carlos Ribeiro da - A Casa Nobre No Concelho de Lousada, FLUP, 2007

 

 

 

 

 

 

 



publicado por José Carlos Silva às 11:54 | link do post | comentar

Quinta-feira, 01.04.10

Exma. Senhora D. Cecília Soares de Moura

Lagoas – Nevogilde – Lousada.

 

No dia 17 de Maio, visitei a Capela da Casa de Vale Mesio.

Envio este apontamento relativo a uma capela do lugar de Lagoas, da freguesia de Nevogilde, dedicada a Santa Ana, e feita pelo padre Manuel Ribeiro da Silva. Essa capela é de 1751-1753. Creio tratar-se da quinta de Vossa Excelência. Simplesmente, a capela actual que visitei é, na arquitectura e no retábulo e madeira (não dourado), bastante posterior à data 1751-1753. Teria sido destruída a capela antiga, e substituída pela actual? Poderá Vossa Excelência dar-me qualquer informação sobre o assunto? Existe ainda a Leira das Cruzes, doada para património da referida capela?

Como me disse que a Casa possuía documentos antigos, é possível que, por eles, se possam esclarecer as perguntas que tomo a liberdade de fazer.

Agradecendo as atenções dispensadas no passado dia 17, com os mais respeitosos cumprimentos, atenciosamente me subscrevo. Porto, e Paço Episcopal

 

[Em anexo, numa 3ª folha]:

 

- No lugar de Lagoas – Nevogilde, o padre Manuel Ribeiro da Silva mandou edificar uma capela com a invocação de Santa Ana, na sua quinta. Dizia na petição, que a família era de família de pessoas nobres e servida por quatro pretos e tres creados brancos.

Dotou a capela com património constituído pela Leira das Cruzes, terra em parte lavradia e em parte lameira sita no sítio entre as Vessadas, do mesmo lugar de Lagoas, que confrontava do nascente com o Rio, etc.

O processo do património desta capela é dos anos 1751-1753. Em 1753 estava, pois, a capela concluída. Talvez, mesmo, antes.

 

27 Maio 1975, Domingos de Pinho Brandão.

A. C. V. M. - BRANDÃO – D. Domingos De Pinho Brandão – Carta – 27 de Maio de 1975, p. 1 a 2.

 

 SILVA, José Carlos Ribeiro da Silva - A Casa Nobre No Concelho de Lousada, FLUP, 2007, Vol II 



publicado por José Carlos Silva às 21:58 | link do post | comentar

Diz o Padre Manoel Ribeyro da Sylva da Freguezia de S. Veríssimo de Nevogilde, Comarca de Penafiel, deste Bispado, que alcançou do Excelentíssimo Senhor D. Frei José o despacho de manter a pettição inclusa para erigir uma capella com a invocação da senhora santa Anna, a qual capella se acha quase concluída, e quer o suplicante entrar e constituir património, mas para tudo necessita de, Vossa Excelência Reverêndissima lhe mande cumprir o dito despacho.

Junta a escriptura de dotte, senhor desembargador promotor, assinatura illegível.

A. H. P. E. P.– Dotes de Capelas do Concelho de Lousada – Capela de Valmesio, 1752, fl. 1.

 



publicado por José Carlos Silva às 21:55 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Doação para Património: C...

Auto de Património: capel...

Carta de D. Domingos Pinh...

Auto de Património da Cap...

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds