Quarta-feira, 07.04.10

 

Prinsippio de Einstituiçaõ de vincullo que faz agostinho de azevedo pinto da freguezia de Santa Christina deste concelho.

 

Em nome de Deos Amem saibam coantos este publico hinstromento de prinsippio de hinstituisam de vincullo deinossado perpetuo de bens feito na milhor forma lugar aja e valler possa virem, que no anno do nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil e setecentos e vinte annos aos vinte e oito dias do mes de fevereiro do dito anno, no lugar da Bouça, Casas e moradas donde donde vive Agostinho pinto de Azevedo, que he da freguezia de Santa Christina de nugueira, da parte deste concelho de Louzada, que he da Correição da Villa de Barcellos, Terra e juiz e sam da sereníssima Real Casa dos Duques de Bragança, de que he ademistrador sua Real Magestade Dom Joam, Rei de Pertugal nosso senhor que deos goarde muitos annos para ahi no dito lugar perante mim Tanalliam e as testemunhas, tudo ao adiante nomeado e asignado appareseo presente o dito Agostinho pinto de azevedo, morador no dito lugar da Bouça freguezia de Santa Christina, deste dito concelho de Louzada, pesea bem conhesida de mim Tanalliam que dou fe propria pesoa asigna nomeada elas testemunhas tudo ao adiante nomeado escripto e asignado; e logo por elle foi dito de ser de propria e livre bontade que elle e sua mulher Jacinta Francisca da Costa, tinham feito a sua capela de Santo António sita no dito lugar da freguesia, quinta da Bousa, por hirensa que recebeu sua […] e tinha elle […] sua mulher […] de instituir es vincollo como seue da bontade della de juntar em seu testamento com que faz este seo pedido no anno de mil setecentos e dezanove, aos nove dias de Mayo a pedido della testadora pello dito padre Manoel de Sousa pinto do lugar da heira freguezia de Santa Christina deste dito concelho pera cuja heinstituiçaõ deixou ao dito ao dito seu marido a sua a sua testadora como tamvem as medidas que lhe paga Lourenso Sousa da Costa de Fundo de Villa da mesma freguezia e a sua cerca contigua a dita quinta da Bouça que esta por fora das casas donde vive que fes com elle o dito seu marido e tudo o mais que […], e querendo elle, o dito Agostinho de Acevedo dar compprimento ao testamento de sua mulher de Fundaçaõ e princippio desta hinstituisaõ de vincullo e morgado, em cappella na ditta sua cappella todos os bens livres que tem de herdades e vemfeitorias e foros que ce reservavam para […], lhe mandar dizer as missas adiante declaradas, e logo por elle foi dito que elle facia prinsippio da dita livres hinstituisam com bens siguintes a saver, primeiramente a terra da dita cappella e fez conjunta herdade dizima a Deos e mais coatro medidas e meyas […], e a que paga Lourenso da Costa da aldeya de Fondo de Villa desta mesma freguesia, e mais a herdade da Costa das Lameiras, sita na freguezia de Sam Vicente de Goim, em o lugar das arquas adonde estam ja consignadas nomeadas, pera a fabrica da dita Cappella e mais tinha medidas da quinta que tinham comprado a com a vida sua mulher a jorge pereira da Barria a herdadores, dizimas a Deos e mais coatro medidas de trigo, que comprouas Geronimo Mendes de da Silva e a sua filha Maria Lena da Silva, solteira; mais huma de desta herdade dizima a Deos que remeteu a huns orfaõs que foraõ do lugar da Leira freguezia desta Christina a coal ouve ca esta sita no lugar de Recemonde desta freguezia, mais duas galinhas que paga Lourenso Borges desta freguezia por aforamento que lhe fez de huma parte que esta junto a huma portta.(fl. 84) E mais a ber dos bens asima declarados assim custava a dita cappella Sete Centos Mil Réis pera andarem a juros encoanto aparesiam bens firmes […], os coais Setecentos Mil Réis shairam das terssas a sua delle testador e da dita sua mulher […] chegando as ditas terssas pera cetecentos mil réis ceraõ obrigados he hinstituidos por elle hinstituidor […] dos seus bens e da mesma sorte de tudo o mais que este der dos setecentos mil réis das ditas duas terssas ficara livres pera elles livres de tudo dos nomeados por elle hinstituidor os coais bens asima sam livres e de herdades e cappazes dele a vincularem desde logo tanvem os setecentos mil réis asima declarados pello que dice elle heinstituidor que de todos os bens asima nomeados o dinheiro hinstetuhia e assim colava em principio de vincullo de morgado perppetuo pera concervasam e assustento da dita sua Cappella e de seus hinstetuhidos pera que ande cemppre em encoanto o mundo durar unidos e vincullados em vincullo de morgado […] que elle hinstituhidor nomear e a nomeada podera nomear de sorte que em todo o tempo fique este vincollo cendo cempre de livre nos passam com comdisam que seza sempre fixa nesta caza pera que cempre ajam zello e fervor e esmero no culto, e ornato da dita cappella consoante que annos passam naõ seja em pessoa […] pera poder tomar estado e naõ haver empedimento e poder nomear em alguma parte e hordenar clerigo consanto que asista na dita caza adentro por se poder nomear ce este vincullo em fica de ou pessoa ligada com todos com mais comdisam que muitos dos nomeados neste vincullo cada com marido ou mulher que naõ tenha liga de judeu, mouro ou mussulmano ou sua alguma infecta nassam inimiga e a nossa santa se catollica Romana porque casando eu sendo casado desta forma, por isto mesmo elle hinstituidor […], naõ permite algum adeministrador que pello tempo ao adiante pruceder nesta hinstituisam de vincullo cometa algum crime de leza majestade de crime em que aja de cer os seus bens confiscados em julgados porpendidos em por coal que cer a quem honrados e este cortados e sua tensam, delle hinstituhidor em tal caso naõ resta senaõ louvados com justiça pinhoras, […], logo a porpriedade da dita adeministrasam como por direito heraõ pertendera […], o adeministrador de vincullo e morgado […] do cometimento donde lido e de remizaõ que sam com pello, que nese caso rhaso se dera o pparente mais chegado na forma sima dito naõ sendo de jeitos asima referidos e as pesoas asima ligadas prohhividas e senhor emporsodidas e virtuosos e naõ tendo os defeitos asima declarados ou cazas referidas ou naõ sendo de tam vaixo comdisam que a fl. 85v, trusse ao adeministrador e a seus antecessores e que nesta forma he que auia esta heinstituisam com elle heinstetuidor em huma vida […] para ser nomear na pesoa que lhes parecer como convem no mesmo modo a nomeada ou nomeado nomearam que pruceder digo nomeado e a nomeada por elle pruceder nos ditos bens avincullados e adeministrados em adeministrador e pello ao adiante encoanto o mundo durar tudo dezem, devem tratem com todo o cuidado a nossa e vello e venerassam a dita cappella de Santo Antonio cita no dito lugar da quinta da Boussa que elle heinstituhidor e sua defunta mulher francisca da costa mandaraõ fazer fabricandoa e reparandoa de todo o nesesario de sorte que semppre seja com todo ou seja conrsetada deuido ao culto […] da mesma dita cappella e cousas mais nesesarias pera ce celevrar e dizer ahi missa com toda a limpeza em forma que e posta na dita cappella mas com condisam e obrigasam fl. 86 que o perimeiro nos sendo ou nomeado por elle ce centiraõ obrigados a mandar dizer em cada anno na dita cappella em jorna que se entra ajuntar-se em cada anno coatro missas , as coais ce diram pella alma delle heintituidor pella alma de sua mulher já defunta francisca da Carla costa e de sua filha  Cerssilia Maria defunta sendo-lhe nesesarias em primeiro lugar e a dipois por todos os venfeitores desta caza asima desendentes com adesendentes, como tanvem no testamento desta caza e as ditas missas ceram ditas na ditta cappella pello sam jorge que os adeministradores acharem e prferirem mais conviniente reformaõ e a vendo na caza perante que querendoas dizer o cera em primeiro lugar pella esmolla que esses prantos aqui ce iram dicer na cappella de Santo Antonio asima dita com tal condisam que naõ querem houvir por tudo e se feraõ sasado se que por menos preso mas dizer e pello dia do mês no santo  […] huma missa cantada na dita capela de canto de orgam, e naõ podendo cer sua cantada […] com obrigasam de dizerem misa colata pella mesma tensam e alicasam asima dita, a dito em colata a uno, com mais declarasam que elles nomeados neste vincollo, por elle heinstituidor e dos desendentes seram obrigados a mandarem dizer em cada anno as tres missas, […] pella mesma testamenteira referida as coais entraram no numero e conta e assunto e quatro asima declaradas e outro sim siram obrigados elles heinstituidores e seussucsores a darem  pera o vinho, pera as ditas misas e […] neste particular com todo amor ao Semhor  de Deos e ao dito santo Antonio e pera tudo com concorram com a despesa nesesaria e rendimentos dos bens aqui deste vincollo e tendo mais que sobejar dos rendimentos dos ditos bens aqui declarados pagas as ditas misas e mais gastos será pera o nomeado ou nomeada e os seguintes que ce forem nomeando pera elles fazerem o que quizerem como couza sua, e o sasardote pur dizer suas ditas misas, no fim dellas faz o responso pella tensam asima referida, fl. 87., condisam permeiro para ser nomeado e os mais que ce seguirem ceram obrigados a vincullar e a unir e acrescentar  os bens livres e siguros, […] e acrescentar esta hinstetutuisam e vincullo cum pello menos foraõ […] ou postos a juros ou passados em alguns bens livres […] ja sam de rendimento pró vincollo sinco jostos em colata anno consegnasam, juros de mil réis asima pera emprestar  e pera juro he so cada nomeado na sua vida, condeserasam que o nomeado na sua vida e seus sucesores querem reunir a esta hinstetuisaõ a saver do diton vincullo, e por este modo e armas sobreditas comvirei a declar dice elle hinstetuidor agostinho pinto de acevedo auias da sua hinstetituisam por vemfeita e queria que tudo o contendo nela nella  e declarado seja pera todo o sempre ce compprice e o semppre o que nesta hinstetituisam tinha posto que tudo queria a ver por firme e vallioso em juízo e fora delle e elle resolvesse todo o vigor e comprimento pudia demeroso […], cumprir de todo o sobredito dice elle hinstetuidor Agostinho francisco de acevedo se obrigava aqui por expqlhicohines, hinstromento e por sua pesoa e bens. Digo pesoa pesoa por todos estes bens nomeados, presentes e futuros e terras de suas e nossos bens aqui avincullados a naõ bir nem vir bem reaes da hinstetuisam nem por huma via a himpugnar antes a queria sempre a ver por vem firme e valliosa em juízo e fora delle tendo sempre consederasam que da sua tersa de alma reserva sem mil réis pera dispor delles o que despor e se naõ dispor ço ficara ao nomeado ou nomeada no dito vincullo para dispor delles o que o que despor e ser; em sede verdade asim o dice pois confiança e aseitou e mandou escrever o prezente hinstromento desta hinstetituisam de vincullo nesta nota de mim Tabealliam que precente as testemunhas antes de asignarem e achada, escripta, asinada a maneira que o queria entam este prinsippio e mandou dar os tres llados a quanto […] eu tavalliam como pesoa publica […] e aseitei em nomeadas partes prezentes e ausentes que […] testemunhas prezentes o padre Antonio de Souza da Congregasam do Oratório […] do Porto e o padre Antonio Pinto da mesma Congregasam, e o padre Manoel de sousa pinto do mesmo lugar da Bousa, freguezia de Santa Christina deste concelho, e João Dias da Igreja de Beire Concelho de Beire de Aguiar de Souza, familliar do precente dovizo Agostinho pinto de acevedo e joam Aldeiro, familiar do dito padre Manoel de Souza […] asignaram com elle hinstittuidor Agostinho pinto de acevedo, em fe de verdade eu […] taballiam que o escrevi declaro que Mamoel de Souza pinto reside no lugar da Eira da freguezia de Santa Christina de Nogueira deste concelho […].

Agostinho pinto de Azevedo

Padre Manoel de Souza

Padre Antonio Pinto

Luiz Manoel de Souza Pinto

Joao Dias

Joaõ + Souza

               A.D.P. – Po -1, 1ª série, Livro7, Secção Notarial, 1728, fl. 82 a 88, SILVA, José Carlos

Ribeiro da Silva - A Casa Nobre No Concelho de Lousada, FLUP, 2007



publicado por José Carlos Silva às 23:37 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Princípio de Instituição ...

arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

1791

1895

abdicação

alentém

auto de patrimonio

auto_de_património

caíde

camara

caminhada

caminho-_de_ferro

capela da casa de valmesio

capela de cam

capela de valmesio

capelas

capelas_públicas

capela_cam

capela_da_lama

capela_de_s. cristóvão

capela_de_stº andré

capela_srª_aparecida

capitão_mor

carta

casa

casa de real

casa-do_porto

casa_cáscere

casa_da_bouça

casa_da_lama

cazla_do_cáscere

comarca

consulta

contrato de obra

cristelos

cruzeiros

cruzeiros de covas

cruzeiros_de-casais

cruzeiros_de_cernadelo

cruzeiros_de_cristelos

cruzeiros_de_figueiras

cruzeiros_de_lodares

cruzeiros_de_stª_margarida

cruzeiro_de_pereiras

d. pinho brandão

deputado

despedidas

dia_internacional_monumentos_sítios

doação_para_património

doação_para_patrimonio

dote

eleição

escritura_legado

jose teixeira da mota

lindo

lodares

lousada

lúcia_rosa

meinedo

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nome

novelas

ordem

paroquial

patrimonio

património

património_rural-paisagístico

penafiel

plano_de_ seminário

ponte_nova

prazo

preservar

princípio_de_instituição

processo

quaresma

quintã

restauro

rota_do_românico

s. miguel

santa ana

secretario

sermões

soares_de_moura

sousela

tapada

vale_do_sousa

vilar-do_torno

vinculo

todas as tags

links

visitante
subscrever feeds